2004

Life in Urban Classicism
Direcção | Coreografia | Dramaturgia Rafael Leitão | Nélia Pinheiro
Selecção Musical Stan Getz & Charlie Byrd
Bailarinos Raquel Nobre | Patrícia Mateus | Kris Doyle | Cristina Motta Capitão
Cenografia | Figurinos Nélia Pinheiro | Rafael Leitão
Desenho de Luz Sonido Kobra


Design Gráfico Rui Alves
Técnicos de Luz | Som Sonido Kobra
Construção de Guarda-Roupa Vicência Moreira

Duração 60 min
Escalão Etário Maiores de 10 anos

CDCE Estrutura Financiada Ministério da Cultura | Instituto das Artes | Câmara Municipal de Évora
Co-Produção Câmara Municipal de Beja

Ante-estreia Beja | Casa da Cultura | 23 de Novembro de 2004
Estreia Évora | Teatro Garcia de Resende | 11 de Dezembro de 2005

À procura de padrões sociais de comportamento

Reflectindo sobre o conceito de contemporaneidade: a relação entre imagem e realidade, a fragmentação do espaço e do tempo, como padrão de relevância nas vidas virtuais que desenvolvemos cada vez mais, o aumento da globalização, a peça coreográfica reúne um grupo de materiais colhidos pelos interpretes no contacto com diversos contextos sociais.
O trabalho está pensado como um processo de pesquisa contínuo, baseado no desenvolvimento das diferentes tipologias de materiais pertencentes a cada meio envolvido (movement research, som, imagens, objectos, texto), recorre no mesmo sentido, ao potencial de cada domínio e interprete como ferramentas comuns (real time composition).
Representa uma tentativa de tornar visível elementos, mais que desenhar um produto. O que não se diz, exprime-se em posturas corporais, faciais e gestuais que revelam linhas de força, que falam a linguagem do não verbalizável, e se constituem em verdadeiros emblemas de significação. No repertório do corpo e do gesto, os performers encontram não só os meios de desenhar plasticamente as personagens, como de sugerir e configurar os movimentos.
Uma parte do trabalho desenvolve sistemas, regras e ferramentas que podem relacionar-se com os suportes envolvidos.
Duas aproximações são trabalhadas simultaneamente:
- justaposição de elementos de diferentes naturezas.
- relação de causalidade entre os elementos de diferentes suportes.
Cria interdependência entre os suportes envolvidos, num complexo sistema de acção/reacção.

Nélia Pinheiro in Programa de Espectáculo

<< Anterior  |  Criações  |  Seguinte >>
 
 
© 2015 Companhia de Dança Contemporânea de Évora. Todos os direitos reservados. fotos: Telmo Rocha design: NAD desenvolvimento: b-online.pt
      siga-nos no